Um útero é do tamanho de um punho de Angélica Freitas

17 outubro 2016

Se eu pudesse resumir em poucas palavras esse livro eu diria: um livro que fala sobre ser mulher e todas as suas peculiaridades.


Um Útero é do Tamanho de um Punho
Angélica Freitas 
2012 - 96 pgs
Cosac & Naify


Dentro do mundo da literatura poucos livros que pude ler focam tanto no corpo, nas questões e condições femininas como este. Para mim, é especialmente difícil falar sobre poesia, porque ao meu ver a leitura de qualquer poesia é muito subjetiva, muito pessoal então como falar sobre poesia?
Prefiro apenas fazer alguns comentários bem simples.

Um útero é do tamanho de um punho foi escrito por Angélica Freitas, poeta gaúcha, seu livro foi lançado pela falecida Cosac & Naify em 2012. 

O livro é dividido em capítulos que são respectivamente: “Uma mulher limpa”; “Mulher de”; “A mulher é uma construção”; “3 poemas com auxílio do Google”; “Argentina” e “O livro rosa do coração dos trouxas”. Em cada um desses capítulos o tema é o mesmo, o mundo feminino, porém visto sob perspectivas diferentes. Assuntos como machismo, aborto, sexo, porém questionando sempre se a mulher pertence a ela mesma ou a que ponto e com que intensidade a sociedade influencia na constituição da mulher. 

Discussões importantes tem sido levantadas e movimentos surgiram para destacar a importância da questão de gênero na literatura, menos mulheres são editadas e consequentemente lidas no mercado editorial. Quando pensamos ainda numa literatura escrita por mulher e que trate de assuntos femininos de forma que não nos estereotipe, se torna quase uma raridade. Por isso é necessário a leitura e edição de autoras como Angélica Freitas que abordam o mundo feminino através dos olhos de uma mulher questionando seus papéis e condições. 


Uma mulher limpa 

porque uma mulher boa
é uma mulher limpa 
e se ela é uma mulher limpa 
ela é uma mulher boa 

há milhões, milhões de anos 
pôs-se sobre duas patas 
a mulher era braba e suja 
braba e suja e ladrava 

porque uma mulher braba 
não é uma mulher boa 
e uma mulher boa 
é uma mulher limpa 

há milhões, milhões de anos 
pôs-se sobre duas patas 
não ladra mais, é mansa 
é mansa e boa e limpa

Até mais!



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS