Sobre filmes: Boyhood

29 janeiro 2015

Imagine um filme que demorou 12 anos para ser filmado... imaginou? Mas, isso realmente aconteceu com a produção de Boyhood do diretor americano Richard Linklater. 




Boyhood conta a infância e juventude de Mason (Ellar Coltrane), filho de pais divorciados, Olivia interpretada por Patricia Arquette e Mason interpretado por Ethan Hawke, o casal que teve filhos muito jovens continuam a não se dar muito bem mesmo depois do divórcio. Mason tem também uma irmã Samantha (filha do diretor Richard Linklater). 

A produção do filme começou em julho de 2002 e finalizou em outubro de 2013, com gravações periódicas de 3 a 4 dias a cada ano, o filme foi todo rodado em Austin uma cidade do estado do Texas nos Estados Unidos. 

Boyhood com cara de filme alternativo e baixíssimo orçamento, estreou em 2014 no Sundance Film Festival, nos cinemas estreou em julho de 2014 e arrecadou mais de 40 milhões de dólares ao redor do mundo. 




Boyhood surpreende pela sua estrutura de filmagem, acompanhar um garoto e por consequência outros atores,  durante 12 anos dá outra sensação ao espectador de Boyhood. Não há nenhuma grande surpresa no roteiro, que fala assim como muitos outros filmes, da relação de uma família moderna e de dois jovens descobrindo sua vida e sexualidade. 

Talvez o filme mereça os prêmios que concorre pela paciência de atores e diretor de se comprometer com uma história por 12 anos, sem saber necessariamente onde isso poderia ter os levado, mas trata-se de uma história comum mas, bem contada, bem filmada e estruturada. 

Além de tudo isso, o elenco ajuda e muito, o papel de mãe confusa e que ao mesmo tempo tenta educar seus filhos depois de te-los tão jovem e reconstruir seus sonhos e carreira é muito bem interpretada por Patricia Arquette.

Apesar da história focar em Mason Jr. achei a interpretação do ator levemente apática e cansativa em certos momentos entretanto, o personagem possui esse aspecto em diversos momentos da história, principalmente na fase mais adolescente, o que esconde um pouco a interpretação ruim do ator. 

Para finalizar, Boyhood se não fosse pelo fato de ter sido filmado de uma forma tão inusitada não passaria de uma história comum com boas interpretações, aí que entra a boa ideia do diretor  e o grande aspecto do filme. 

Até mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS