Sobre filmes: Harry e Sally

30 setembro 2013

Como disse em outro post, não costumo fazer comentários aqui no blog sobre filmes atuais, porque muita gente comenta, tem opiniões aos quilos na internet. Costumo sim, indicar filmes que estão na minha lista de favoritos, mas que podem ser de qualquer época ...

Por isso, a indicação de hoje para quem ainda não conhece é a comédia romântica do final dos anos 80, Harry e Sally: Feitos um para o outro (When Harry met Sally, EUA, 1989). 




Harry interpretado por Billy Crystal e Sally por Meg Ryan no começo de sua carreira, fazem o casal que entre idas e vindas descobrem que se amam. O primeiro encontro dos dois quando se formam na Universidade de Chicago, acontece quando resolvem viajar juntos para Nova York onde ambos pretendem iniciar suas carreiras profissionais. Assim quando chegam a cidade cada um vai buscar aquilo que deseja, mas com o passar dos anos encontros esporádicos vão acontecendo até descobrirem que se amam. 

A graça deste filme está na suavidade com que tratam o amor, ou mesmo a forma atrapalhada de ambos de se relacionarem. O filme é divertidíssimo, acho que acima da média para o gênero que se propõe, por isso tornou-se um clássico dos anos 80. 

É neste filme a cena clássica de Meg Ryan que finge um orgasmo numa mesa de restaurante devido a uma aposta com a personagem de Billy Crystal, o qual acredita que pode distinguir quando uma mulher finge ou não um orgasmo, a cena é épica e na minha opinião uma das melhores atuações de Meg Ryan no cinema, tendo em vista que esse tipo de filme se tornou bem comum em sua carreira. 





Acredito que o filme valha pela história inusitada de encontros e desencontros de um casal divertido e batalhando pelas suas vidas. É um clássico da comédia romântica e do cinema dos anos 80, é despretensioso, fala de sexo, relacionamento, carreira, escolhas e amor, de uma forma bem mais direta e sincera do que a maioria dos filmes de comédia romântica, por isso está na minha lista de favoritos há um bom tempo já.  

Pegue um balde de pipoca, ligue seu dvd e divirta-se porque esse filme é para isso. 

Até mais !

8 comentários:

  1. Filmes como esse são atemporais e, como você disse, bem acima da média das comédias românticas. Não tem como esquecer a cena do orgasmo do restaurante. É a primeira coisa que me veio à mente quando vi que você tinha feito essa indicação de filme aqui.
    Ótima lembrança!
    bjo

    ResponderExcluir
  2. Ah, ótima dica! Me lembrei que estou com esse filme na lista de filmes que quero ver tem décadas, sempre enrolo, rsrsrs...

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
  3. Esse é um filme que tenho a lembrança de já ter visto, mas lembro de poucas cenas, eu ainda pretendo comprar o DVD para poder ver (ou rever) :)

    Beigos!

    ResponderExcluir
  4. Eu amo o fim desse filme, adoro comédias românticas que fogem do convencional, que são de fato, comédias <3
    Beijo!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb Tati adoro o fim :)
      Obrigada pela visita! bjos

      Excluir

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS