Poesia: Vaidade - Florbela Espanca

10 setembro 2013

Sonho que sou a Poetisa eleita,
Aquela que diz tudo e tudo sabe,
Que tem a inspiração pura e perfeita,
Que reúne num verso a imensidade !


Sonho que um verso meu tem claridade
Para encher todo o mundo ! E que deleita
Mesmo aqueles que morrem de saudade !
Mesmo os de alma profunda e insatisfeita !


Sonho que sou Alguém cá neste mundo ...
Aquela de saber vasto e profundo,
Aos pés de quem a Terra anda curvada !


E quando mais no céu eu vou sonhando,
E quando mais no alto ando voando,
Acordo do meu sonho ... E não sou nada! ...




Livro das Mágoas - 1919

6 comentários:

  1. Melissa, que lindo! Sou fã da Florbela, ela tem uma capacidade ímpar para a escrita...

    Abraços, Isabela.
    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb adoro Florbela !! Cada dia mais ! bjos

      Excluir
  2. Ah a minha preferida - e melancólica - poetisa.
    Tem um livro dela na minha mesa nesse momento... uma feliz coincidência.
    Acredita que ontem descobri que ela também escreveu contos? Conheci esse livro dela: As Máscaras do Destino.
    Vou ler em breve!

    Bye da Pah
    Livros Estrelas

    ResponderExcluir
  3. Lindo! Uma das minhas poetas preferidas!Amei!

    Ilmara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma das minhas poetas favoritas tb :)
      bjos

      Excluir

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS