02 setembro 2013

Filmes: Filmes europeus favoritos

Semana passada, indiquei alguns filmes do terror trash dos anos 80, essa semana vou apresentar alguns dos filmes europeus que estão na minha lista de favoritos.

Confesso que não sou a expert em filmes europeus, pouco conheço mas, procuro diminuir esse deficit a cada dia que posso. Então como eu disse, se caso houver filmes fantásticos que você conheça e não esteja nesta lista, me indique que assim que puder com certeza assistirei.

Coloquei dois filmes do Almodôvar porque ele é realmente um dos meus diretores favoritos, junto com Wim Wenders, que é responsável por Asas do Desejo e muitos outros filmes ótimos. Além disso, indiquei a trilogia das cores do diretor polonês Krzysztof Kieślowski, que dirigiu três histórias baseadas nas cores da bandeira francesa associadas aos ideais da Revolução Francesa (Igualdade, Liberdade e Fraternidade). 

Vamos lá então, segue as indicações. 

1. A Excêntrica Família de Antônia (Países Baixos - Antonia - 1995)

Definido como uma celebração da vida e da morte, esta co-produção entre Holanda, Bélgica e Inglaterra ganhadora do Oscar de Melhor Filme Estrangeiro vai além ao contar a história de uma encantadora geração de mulheres. Comandada por Antonia, a saga familiar atravessa três gerações, falando de força, de beleza e de escolhas que desafiam o tempo. Nesse universo conhecemos curiosos personagens, como o filósofo pessimista, a netinha superdotada, a filha lésbica, a avó louca, o padre herege, a amiga que adora procriar, a vizinha que sofre abusos sexuais e os muitos amigos que são acolhidos por sua generosidade. (Fonte: Filmow)

Filmow | IMDB







2. O Fabuloso Destino de Amélie Poulain (França - Le Fabuleux Destin D'Amélie Poulain -2001)


Após deixar a vida de subúrbio que levava com a família, a inocente Amélie (Audrey Tautou) muda-se para o bairro parisiense de Montmartre, onde começa a trabalhar como garçonete.

Certo dia encontra uma caixa escondida no banheiro de sua casa e, pensando que pertencesse ao antigo morador, decide procurá-lo ­ e é assim que encontra Dominique (Maurice Bénichou).
Ao ver que ele chora de alegria ao reaver o seu objeto, a moça fica impressionada e adquire uma nova visão do mundo.
Então, a partir de pequenos gestos, ela passa a ajudar as pessoas que a rodeiam, vendo nisto um novo sentido para sua existência.
Contudo, ainda sente falta de um grande amor. (Fonte: Filmow)




3. Segredos e Mentiras (Secrets and Lies - 1996)


Hortense Cumberbatch (Marianne Jean-Baptiste) é uma mulher negra que foi abandonada quando criança, sendo adotada por uma família.

Quando sua mãe adotiva morre, ela decide partir em busca de sua mãe biológica.

Só que sua mãe é branca e a teve quando era uma adolescente rebelde, algo que sua atual família não sabia. (Fonte: Filmow)










4. Asas do Desejo (Alemanha - Der Himmel über Berlin - 1987)




Na Berlim pós-guerra, dois anjos perabulam pela cidade. Invisíveis aos mortais, eles lêem seus pensamentos e tentam confortar a solidão e a depressão das almas que encontram. Entretanto, um dos anjos, ao se apaixonar por uma trapezista, deseja se tornar um humano para experimentar as alegrias de cada dia. (Fonte: Filmow)











5. A Trilogia das Cores 

A Liberdade é Azul (França - Trois couleurs: Bleu - 1993)


Após um trágico acidente em que morrem o marido e a filha de uma famosa modelo (Juliette Binoche), ela decide por renunciar à sua própria vida. Após uma tentativa fracassada de suicício, ela volta a se interessar pela vida ao se envolver com uma obra inacabada de seu marido, que era um músico de fama internacional. (Fonte: Filmow)











A Igualdade é Branca (França - Trois Couleurs: Blanc - 1994)

Segundo episódio da série do diretor polonês Kieslowski, dedicada aos ideais da Revolução Francesa (liberdade, igualdade e fraternidade), e o único da trilogia tratado de forma humorística. Dessa vez, o filme apresenta um olhar irônico sobre como o vazio da vida pode ser profundamente afetado pelo amor. A esposa de Karol (Zbigniew Zamachowski) pede o divórcio e o trata com crueldade, pois ele está impotente. Sem dinheiro e sem ninguém, Karol, que é imigrante na França, retorna à Polônia. Aos poucos ele vai ganhando dinheiro e planeja uma doce vingança. (Fonte: Filmow)






A Fraternidade é Vermelha (França - Trois Couleurs: Rouge - 1994)

Valentine (Irène Jacob) atropela um cachorro que tem o endereço do dono na coleira. É dessa forma que ela conhece a pessoa que iria alterar o curso de sua vida: um juiz aposentado que vive espionando as conversas telefônicas de seus vizinhos. Por trás desse comportamento, esconde-se um homem que entra na intimidade das pessoas até saber o desenrolar de seus destinos. Apesar da repulsa que Valentine sente no início pela atitude do juiz, acaba se formando uma amizade. Neste último filme da triologia das cores de Kieslowski, personagens dos dois filmes anteriores aparecem rapidamente, tendo suas vidas afetadas pela trama central. (Fonte: Filmow)




6. Mar Adentro (Espanha - Mar Adentro - 2005)



Ramón Sampedro (Javier Bardem) é um homem que luta para ter o direito de pôr fim à sua própria vida. Na juventude ele sofreu um acidente, que o deixou tetraplégico e preso a uma cama por 28 anos. Lúcido e extremamente inteligente, Ramón decide lutar na justiça pelo direito de decidir sobre sua própria vida, o que lhe gera problemas com a igreja, a sociedade e até mesmo seus familiares. (Fonte: Filmow)











7. A Festa de Babette (Dinamarca - Babettes gæstebud - 1987)



Na desolada costa da Dinamarca vivem Martina e Philippa, as belas filhas de um devoto pastor protestante que prega a salvação através da renúncia. As irmãs sacrificam suas paixões da juventude em nome da fé e das obrigações, e mesmo muitos anos depois da morte do pai, elas mantém vivos seus ensinamentos entre os habitantes da cidade. Mas com a chegada de Babette, uma misteriosa refugiada da guerra civil na França, a vida para as irmãs e seu pequeno povoado começa a mudar. Logo Babette as convence a tentar algo realmente ousado - um banquete francês! Sua festa, é claro, escandaliza os mais velhos do lugar. Quem é esta surpreendentemente talentosa Babette, que tem apavorado os moradores desta devota cidade com a perspectiva deles perderem suas almas por deleitarem-se com prazeres terrenos? (Fonte:Filmow)





8. Tudo sobre minha mãe (Espanha- Todo sobre mi madre - 1999)


No dia de seu aniversário, Esteban (Eloy Azorín) ganha de presente da mãe, Manuela (Cecilia Roth), uma ida para ver a nova montagem da peça "Um bonde chamado desejo", estrelada por Huma Rojo (Marisa Paredes). Após a peça, ao tentar pegar um autográfo de Huma, Esteban é atropelado e termina por falecer. Manuela resolve então ir de encontro ao pai, que vive em Barcelona, para dar-lhe a notícia, quando encontra no caminho o travesti Agrado (Antonia San Juan), a freira Rosa (Penélope Cruz) e a própria Huma Rojo. (Fonte: Filmow)









9. Amor (França - Amour - 2012)


Georges e Anne são octogenários. São professores de música, pessoas cultas, independentes. No entanto, quando Anne sofre um pequeno derrame, os dois terão de lidar com as mudanças trazidas pela doença dela e o amor que une o casal será posto à prova. (Fonte: Filmow)














10. Fale com Ela (Espanha - Hable com Ella - 2002)

O filme trata do amor e da amizade a partir da historia de dois homens cujas vidas se cruzam no hospital onde estão internadas as mulheres que eles amam. O primeiro é Benigno, o enfermeiro de Alícia, em coma há quatro anos. O outro é Marco, um jornalista que vela por sua amada, a toureira Lydia. Com uma trilha sonora e fotografia impecáveis, este filme vencedor do Oscar de melhor roteiro entrou para a galeria de grandes obras de Almodóvar. Merecem atenção especial o curta-metragem mudo inserido na trama, inspirado no cinema do início do século XX, e as belas seqüências com músicas interpretadas por Caetano Veloso e Elis Regina, o primeiro cantando ao vivo no próprio filme. (Fonte: Filmow)





E você tem algum filme que não está listado para indicar ? Deixe aí nos comentários. 

Até mais !

10 comentários:

  1. Ótima escolhas de filmes! Tem uns aí que eu não conhecia, me interessei bastante, muito obrigada por me apresentar, hahaha. Tem um filme que se chama "Dans Paris" eu acho que foi o último filme europeu que eu assisti e se tornou o meu favorito, acho que você iria gostar!
    Boa semana!
    http://literallypitseleh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu acho que assisti esse filme, mas vou conferir pra ver se é o mesmo :)
      Obrigada pela visita! bjos

      Excluir
  2. Nossa...babei aqui. Alguns desses são meus favoritos e os que não vi já vou anotar porque fiquei interessada demais!

    ResponderExcluir
  3. Que lista, Melissa!
    Almodovar é divo, então nem falo nada. "Amor" é sensacional. "Mar adentro" é muito angustiante. Realmente imperdível. E "Amelie Poulain" já virou clássico, né?
    Essa trilogia das cores é superfamosa, mas eu não me animo porque não vou com a cara da Juliette Binoche. Estou enrolando há um tempão para ver. O do Win Wenders também está na minha lista. O "Festa de Babette" eu quero ler o livro antes.
    Eu gosto muito de cinema espanhol e alemão. Indico "Albergue Espanhol" e sua continuação, "Bonecas Russas". Divertidos e emocionantes.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  4. Ótimas escolhas, Melissa!
    Os que ainda não vi: Fale com ela, Amour, Mar Adentro e Segredos e Mentiras.

    Se você gosta da trilogia das cores sugiro A Dupla Vida de Veronique, um filme que gosto muito do mesmo diretor e com a mesma atriz de A Fraternidade é Vermelha. Um filme parecido é Anna Oz, mas esse eu vi em VHS e nunca consegui achá-lo em cópia digital. Também gosto muito de Win Wenders, você já viu dele O Céu de Lisboa? Muito lindo! A continuação de Asas do Desejo adoro também, Tão longe, Tão Perto. Reforço a indicação da Michelle (Albergue Espanhol e Bonecas Russas), são ótimos!

    Gosto muito de cinema europeu mas ultimamente não tenho visto muitos filmes. Bom, adorei relembrar alguns aqui da lista. Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Lua pelas dicas, todas devidamente anotadas ! bjos

      Excluir
  5. Filmes maravilhosos, Mel! Já vi Amour, Fale com ela, Tudo sobre minha mãe, O fabuloso destino de Amélie Poulain e a excêntrica família de Antônia. Amo todos! Li a sua resenha e to muito interessada em ver Mar Adentro. Um beijão!

    Ilmara

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Mar adentro é lindo demais ! Eu recomendo ;) bjos

      Excluir

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!