Aleatórios: Ebooks e Livros Físicos

28 maio 2013

Olá!

Nos últimos tempos a discussão entre e-books x livros físicos tem aumentado. Fato é que as editoras no Brasil tem investido muito em livros digitais, a venda de e-readers tem sido comum e bastante popular entre os leitores. 

Eu já li e entendi todos os benefícios que um e-reader proporciona, eu mesma depois de comprar um aparelho (não e-reader mas, um smartphone/tablet) que me possibilitasse a leitura adequada de livros, me rendi e passei a ser uma assídua usuária de e-books. 

Carrego no meu pequeno aparelho mais de 100 livros até o momento e saio de casa com todos eles, e ao contrário do que seria carregar 100 livros físicos, não me pesa em nada na bolsa. 

Tenho todos a mão na hora em que quero, no ônibus, metrô ou na rua, naquele horário do almoço em que ninguém mais está olhando é fácil apertar o botãozinho e voilá 100 livros (ou mais) a minha mão. 

Rendi-me pela praticidade e pelo preço, apesar de que no Brasil ainda muitas editoras ficam devendo em questão de preços de e-books, cobrando quase que o mesmo valor relativo ao físico. Mesmo assim em muitos outros casos o e-book é muito mais vantajoso em relação ao valor do que o livro físico. 

Mas, aqui vem meu pequeno e subjetivo porém, eu uso as versões digitais, mas não gosto. Se você colocar as duas opções para mim, ainda optarei pelo livro físico, porque?

Porque eu adoro a sensação que o livro me causa, seja o cheiro (pois é, todo bom leitor adora cheirar livro) mas, é mais do que isso, é olhar para estante e vê-lo lá bonito e "real", eu continuo tendo a sensação de que mesmo tendo um e-book de um livro é como se eu não o tivesse, é como se ele não fosse realmente real para mim. Preciso tocar, sentir o livro, admirar ou não sua diagramação, sua capa , coisas que o e-book não te proporciona. 

Você pode obviamente dizer que tudo isso é muito raso e frívolo, é eu sei que é, mas, mesmo assim continuo batendo o pé, teimosa e imóvel da minha frescura de ter o livro na minha mão, continuo amando olha-lo e pega-lo, e creio que isso tem poucas chances de mudar. E note a minha própria ironia com minha situação na imagem ao lado e eu aqui querendo mais livros físicos, vai entender!

E você já mudou para a turma da praticidade do e-book ou não?

Até mais!

9 comentários:

  1. Eu gosto dos dois,mas o e-book é mais barato e proporciona na questão custo benefício para ambos,tanto para leitor quanto para escritor =)


    leitorasdobrasil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Eu fui para o lado 'e-book' da força, mas não vou parar de comprar livros, por enquanto estou maneirando por questões financeiras, comprar livros quando se está desempregado não dá mesmo com todas essas promoções incríveis... Se comprar um livro de 20 reais fico 1 semana sem ir para a faculdade, HAHA.
    Um dos prós dos livros digitais para mim é o custo baixo de investimento - é claro que algumas editoras estão de pilantragem, onde já se viu pagar 30, 40 reais em uma cópia digital O.o Acho que algumas merecem ter 'cópia piratinha' rolando pela internet pra ver se eles param com isso ou me enviam uns biscoitinhos finos quando eu comprar esse tal e-book de 30 reais!
    Por enquanto, não comprei nenhum livro pela Amazon, os que adquiri são os gratuitos e eu 'catei' alguns no Exilado para saber se compensa a compra, li Divergente e comprovei que vale pagar quase 40 reais no livro físico que será lido, relido até estragar nos próximos anos, haha.
    Sempre que penso em livros digitais lembro de uma citação que não lembro a autoria que diz algo como: existem livros para a vida e livros para ocupar espaço na estante [com certeza, mudei todo a citação...], algo que vejo como positivo nos e-books para mim, uma pessoa que quer ter uma biblioteca em casa e quem sabe, montar uma biblioteca comunitária é a certeza de que ao meu redor estarão livros [de papel] que merecem aquele espaço, existem tantas publicações mensais e a maioria são de livros que não farão tanta diferença em 'minha vida', às vezes olho para a estante e vejo alguns livros que li e bom, não passaram de mais um na estante do Skoob, enquanto outros eu adoraria ter dinheiro para comprar e presentar todos os amigos com uma cópia...
    Algo que minha mãe percebeu é que eu mesmo tendo o livro no 'filho' [como chamo o e-reader] vou comprar a versão impressa dele, se eu gostar MUITO, MUITO, MUITO! e é claro que ela ficou puta, dizendo: Mas, você disse que com esse aparelho ia parar de comprar livros, Maura Cristina!!!
    Talvez eu mude essa ideia e passe a valorizar mais os digitais, por enquanto, o Domínio Público é quem alimenta meu Kindle [desculpa, Machado, eu te amo mas não vou comprar livro seu, por enquanto, quem sabe quando tiver um emprego estável de novo!?!]

    Bom feriado!

    Beigos,
    Maura - Blog da /mauraparvatis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu tb acabei me rendendo pro lado ebook da força kkkkk
      bjos e obrigada pela visita!

      Excluir
  3. Desde que começou essa "moda" de e-reader eu sempre torci o nariz. Sou daquelas xiitas que amam o livro físico, que amam as capas, as folhas e tudo mais. Mas de um tempo para cá eu tenho visto de outra forma, justamente essa praticidade que você falou. Não vou comprar um agora porque eu tenho MUITO livro físico na minha estante, depois de lê-los, quem sabe?
    Beijos e um ótimo feriado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu uso os ebooks pra livros que tenho dúvida se vou gostar, leio e se gostar compro um bonitinho pra colocar na minha estante.
      bjos

      Excluir
  4. Também adoro os meus ebooks! Os livros impressos são um grande amor e uma necessidade que não consigo abandonar. Uso os ebooks como uma alternativa a mais, pois gosto de títulos em inglês, que tenho preferido comprar em ebook. É realmente bem mais em conta e tenho uma regra: não compro um ebook que custe acima de R$19.00. Acho caro pagar mais do isso em um livro eletrônico.

    Bjo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros em inglês é ótimo em ebook pq nçao paga frete né, que é super caro. Eu leio em ebook tb os que tenho dúvida se vou gostar ou não, se gostar compro ele físico.
      bjos

      Excluir
  5. Acho muito vantajoso poder carregar 100 livros dentro da bolsa sem deixá-la pesada, mas me falta mesmo é tempo para ler esses 100 livros... mal dou conta dos que tenho na estante (aliás, já parti pra segunda estante porque a primeira estava abarrotada e metade deles eu nem li ainda).
    Sem dúvida o e-book facilitou a vida de muita gente, principalmente àqueles que precisam consultar diversos livros técnicos de uma vez só, para quem faz faculdade ele é perfeito, mas para literatura, para entretenimento, nada melhor que o bom e velho livro físico. :)
    Eu, desmiolada que sou, as vezes esqueço de carregar meu celular por uns 3 dias dentro da bolsa, imagino com um e-reader... pra mim não funcionaria mesmo. >.< rss

    Beijos, gostei do post. ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu falo mais pela praticidade que ele proporciona eu não tenho mais lugar pra guardar livros, e em ebook a possibilidade é quase infinita!
      obrigada pela visita! bjos

      Excluir

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS