Sobre escritores: Gabriel Garcia Marquez

22 abril 2013

Olá!

Quem acompanha o blog mais de perto sabe que eu tenho a mania de ler uma pequena (ou grande) bio sobre o escritor do livro que estou lendo. Em geral, busco informações sobre a vida e a obra do autor.

Se você der uma olhadinha na minha estante do skoob vai perceber que estou lendo dentre outros (apaixonadamente, por sinal) Amor nos Tempos de Cólera do Gabriel Garcia Márquez. Por isso fui buscar algumas informações básicas sobre esse autor.

Gabito é colombiano, nascido em 6 de março de 1927, completou no último mês 86 aninhos. Seu irmão confirmou há pouco tempo que o autor foi diagnosticado com demência e por isso não irá escrever mais, já que está progressivamente perdendo a memória. 

Vencedor do prêmio Nobel de Literatura em 1982 pelo conjunto da obra, seu último livro escrito foi Memórias de minhas putas tristes, lançado em 2004, no Brasil foi publicado em 2005 pela editora Record.

Durante os anos 50 trabalhou como jornalista na Colômbia mas, em 1959 vai para a Europa e 1961 para Nova York como correspondente internacional, mas devido a seu apoio ao Fidel Castro foi investigado pela CIA e teve de se exilar no México. 



Dentre seus escritos mais famosos está Cem Anos de Solidão, publicado em 1967, não só é um dos escritos mais famosos de Gabriel como também está entre os livros mais importantes da literatura latino-americana e porque não, mundial. Uma narrativa longa e recheada de personagens, mas fantástica!

É também um ativista politico, amigo de Fidel Castro, seu defensor ferrenho e crítico dos dissidentes cubanos. Gabriel sofreu críticas duras por seu posicionamento político em defesa de Fidel, sendo chamado por alguns de "o lacaio do Fidel". Foi também acusado de participar de guerrilhas na Colômbia, além da investigação que sofreu, feita pela CIA, o que o levou ao exílio, como já disse. 

Mas nada disso, sequer tem o poder de ofuscar o brilhantismo de Gabito. Autor de obras-primas, representante de uma América Latina por muitas vezes relegada a esteriótipos e preconceitos, traz a tona a verdadeira face desse continente em seus livros. Há quem critique o trabalho de Gabriel por trazer uma visão um tanto quanto folclórica dos latinos, segundo os  mesmos críticos: desnecessária. Cabe a você, ler e concordar ou não com os seus críticos. 

Gabriel Garcia Márquez é leitura obrigatória, não só porque ele é um ganhador do Nobel, mas porque ele é um dos expoentes mais importantes da literatura latino americana. Somos, principalmente no Brasil, um tanto relapsos (na minha opinião) a cultura dos países de origem hispânica aqui do nosso continente. E ler esses autores (e aqui não só, Gabo) é fazer justiça a cultura da qual também em amplo aspecto fazemos parte, seja por uma questão geográfica ou não, mas no final não somos todos latinos-americanos ?

E você já leu o que de Gabriel Garcia Márquez ? O que achou ?

Até mais!

9 comentários:

  1. Olá!
    Li poucos livros do Gabo (Memórias de minhas putas tristes, Do amor e outros demônios e Cem Anos de Solidão - um dos meus top 5 de todos os tempos), mas gosto muito de sua escrita e pretendo ler outros. Separei para ler "O amor nos tempos do cólera" em maio, para o Desafio Literário 2013. Altas expectativas!
    bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Michelle, estou lendo Amor em tempos de cólera agora, estou adorando! bjos

      Excluir
  2. Oi, Melissa, nunca li nada do Márquez, 'tô em dívida com ele, mas desse ano não passa, ele está na minha lista de "12 livros para 2013" :)
    Uma pena saber que ele 'nunca' mais voltará a escrever, um cara tão incrível acabar perdendo suas memórias, ficando doente, mas ele nunca será esquecido, disso eu tenho certeza!

    Beigos,
    Maura - Blog da /mauraparvatis.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Maura, é realmente triste ver um gênio como ele indo aos poucos embora, mas leia sim, vale muito a pena! bjos

      Excluir
  3. Ah eu também costumo fazer isso, gosto de saber sobre o autor, acho importante, não conhecia esse ainda...

    Estandy Books - A Estante da Andy

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca li nada do autor, mas O amor nos tempos do cólera já está na minha lista de desejados do skoob. Ia começar por 100 anos de solidão, só que acabei mudando, minhas amigas do curso de espanhol falaram que o livro é bem denso.

    Bjs, @dnisin
    http://www.seja-cult.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cem anos de solidão é realmente ótimo, mas bem complexo, mas vale a pena ler! bjos

      Excluir
  5. Quando eu tinha meus 18 anos era completamente apaixonada pelo Márquez, acho que li uns 4 livros dele de uma tacada só. Claro que meu preferido é "Cem Anos de Solidão", que já passou da hora de ser relido!
    Ótimo post, Melissa! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cem anos de solidão é um dos melhores livros já escritos! bjos

      Excluir

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS