Sobre filmes : Segredos e Mentiras

09 março 2013

Olá !

Bom, em geral nos blogs vemos indicações de filmes mais ou menos famosos, ou atuais, eu as vezes opto por indicar filmes que não estão exatamente por aí. Porque? Porque eu sou hipster e gosto de falar do que os outros não falam ? Não. Porque eu quero bancar a sabichona (que palavra véia!) e dizer o que é realmente bom! Não também.

Eu assisto obviamente, já que não sou nenhuma ET e muito menos hipster, os super mega ultra divulgados e oscarianos filmes. Claro que sim! E adooooooroo!

Mas vem cá ... para que mais um ser, mais um blog nem é tão bom assim, falando sobre Os Miseráveis ou O Lado Bom da Vida ?  Eu não vou acrescentar nada mais do que muitos outros excelentes posts de outros blogs que antecederam a este, certo?

Enfim, tudo isso para dizer que, normalmente eu não vou falar sobre os filmes do momento ..... ou talvez fale se me der na telha .....super decidida! ...... mas vou tentar indicar filmes mais velhos, ou sei lá ucranianos, porque sério quem conhece o cinema ucraniano ? Just kidding people, não 'tô querendo ofender ninguém nem nenhuma nacionalidade. Só estou querendo estabelecer um ponto aqui, por que não falar de filmes velhos ou não tão conhecidos assim?

E hoje falaremos sobre Segredos e Mentiras (Secrets and Lies) filme escrito e dirigido por Mike Leigh de 1996.




É basicamente uma produção inglesa, com o brilhante trabalho de Brenda Blethyn, como Cyntia Rose Purley, uma mulher na sua meia idade que reencontra a sua filha que havia abandonado quando engravidou dela ainda adolescente, essa interpretada por Marianne Jean-Baptiste, Hortense Cumberbatch, que acabara de perder a mãe adotiva e por isso resolve que era hora de sair em busca de sua família biológica, mas o que ela realmente não sabe é que sua mãe biológica nunca havia contado sobre a sua existência. 



Enfim, o filme se desenrola nesse reencontro e na redescoberta dessa mulher como mãe e seu papel  na vida de suas duas filhas, Hortense que foi deixada para adoção e a que criou Roxanne Purley (Claire Rushbrook) e o encontro das duas. 

Além disso, o papel do irmão de Cynthia, Maurice Purley (Timothy Spall) também é de grande importância na vida de Cynthia, esta que não simpatiza com a esposa do irmão, Monica Purley (Phyllis Logan) obviamente o sentimento é reciproco. Na realidade Maurice é o meu personagem preferido nessa história, ele é aquele que sempre fica entre "a cruz e a caldeira", ou seja, entre abriga da mulher e da esposa, sempre tentando de todas as formas agradar a ambas. 




O nome do filme inclusive provém de uma das falas de Maurice que no meu entender, é uma das melhores cenas do filme, um diálogo profundo, tenso mas cheio de tanta verdade e realismo que toca daquela forma que só algo tão próximo da nossa realidade pode nos tocar. 

Enfim, o filme para mim é belíssimo porque trata de dramas entre pessoas, pessoas essas reais,  com as quais em alguns aspectos podemos nos identificar profundamente, como segredos e mentiras que geramos na vida e as consequências que elas nos trazem. 


Não é um filme que tenha ação, ao contrário é totalmente voltado para as relações interpessoais e as consequências de nossas escolhas, tanto aquela que nos faz abandonar um filho, e conviver com essa culpa, e também aquela que decorre quando optamos por encarar a verdade, mesmo que seja a verdade de uma rejeição pretérita, e as que podem decorrer da busca por ser reconhecida dentro de uma nova família. 

Esse é um dos meus filmes favoritos da vida, de verdade, eu assisto sempre, e nunca saio menos do que emocionada e tocada por um textos sensível e que mostra as relações humanas nuas e cruas. 



Assistam e me contem depois o que acharam, esse não é um filme muito fácil de se achar, mas vale a pena a busca, pelo menos eu acho!

Até mais !

2 comentários:

  1. Eu adoro filmes nesse estilo, que refletem sobre nossas escolhas. Mas como você disse, tá bem difícil de achar. :S Continuarei procurando!
    Adorei a dica. :)

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luara ! obrigada pela visita !
      O filme é ótimo vale a pena assistir !
      abraços

      Excluir

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS