É melhor ler qualquer livro do que não ler nenhum ?

26 outubro 2012

Permitam-me fazer uma divagação nesta noite de sexta-feira ! :)


Uma coisa que eu sempre me pergunto mas a resposta muda, portanto, não tenho uma posição definida, é referente a grande pergunta :

É melhor ler qualquer livro do que não ler nenhum ?

Todos sabemos que o hábito da leitura é necessário, mais do que isso, é essencial. A leitura não só nos enriquece como acréscimo de cultura, mas também nos auxilia a falar e a escrever melhor, além de desenvolver melhor a criatividade, a imaginação em crianças.

Ler diferentes tipos de livros também é importante, porque o contato com diversos estilos é essencial para um bom leitor. É lendo de tudo, que podemos nos encontrar nas nossas preferências e analisar mais adequadamente cada história. 

Mas aí mora a questão ler diferentes livros, e isso não está necessariamente associado a ler livros ruins obviamente, mas como saber o que é ruim e o que é bom quando não lemos de tudo ?

Como apreciar uma obra clássica e sua escrita elegante se não lermos o que é uma obra passageira e superficial ?


Fica difícil não é ?

Acho que a discussão do que é ruim ou do que é bom, é extremamente subjetiva quando falamos de gostos e preferências, mas quando pensamos em crítica literária aí sim há que se ter uma análise mais criteriosa. Mas somos todos especialistas e críticos literários? acho que não. Então permanecemos nas preferências e gostos, e o que é ruim ou é bom, se torna subjetivo. 

Hoje em dia ainda temos poucos leitores assíduos, a venda de livros ainda é baixa, mas nunca se viu tantas pessoas lendo como nos últimos anos. Quem anda de transporte público aqui em São Paulo (falo de SP porque é aqui que eu moro), tem uma boa experiência sobre isso vendo pessoas indo para o trabalho ou escola,  lendo ou carregando seus livros a tira colo, isso é a coisa mais do que comum e corriqueira hoje em dia, pessoas e mais pessoas lendo 6 horas da manhã num metrô ou ônibus lotado, atentos e super entretidos com a sua leitura. Falo do transporte público, como um exemplo, porque é um local onde as pessoas comuns, como eu, andam todos os dias e são esses que se busca como leitores assíduos, ou seja, a massa da população brasileira. Quem tem dinheiro, acesso e incentivo para leitura com escolas caras e pais que podem custear essa leitura pode-se dizer que isso é uma consequência, mas quando falamos de pessoas que estudaram em escola pública com uma formação difícil e pais que por mais que queiram e incentivem, muitas vezes não conseguem fornecer aos filhos acesso tão fácil aos livros é diferente, uma vida mais difícil em geral requer outras prioridades, que não livros, e com certa razão.

Mas assim mesmo, por algum caminho que desconheço, estamos melhorando, estamos caminhando, por trabalho assíduo de professores, ou por simples amor e dedicação dos pais, será que estamos enfim criando a passos lentos leitores assíduos?

Acho que sim, mas isso é um achismo meu.

Enfim, criei todo esse texto para chegar aqui, vemos pessoas com livros de todos os tipos, de diversos autores, que podem ser questionados, mas será que é tão ruim assim ?

Quando apontamos o dedo para alguém e dizemos : não leia isso, é uma porcaria, por isso ou por aquilo, não estamos tirando o direito e principalmente, a vontade de alguém ler o quer ? Essa posição elitista de impor o que é bom ou ruim baseado numa análise subjetiva ou mesmo que seja com fundamentos, pode desmotivar um bom leitor, que aos poucos lendo e lendo de tudo, poderá chegar sozinho a conclusão de que tal livro é mesmo ruim, porque é mesmo, mas ele chegará lá quando tiver background suficiente para isso. 

Conversar, orientar ou discutir é uma coisa, mas ridicularizar e impor sua opinião é outra. 

Deixemos os adolescente apaixonados pelas séries fantásticas, deixemos a moça suspirar com os livros românticos, deixemos o moço se empolgar com as guerras medievais, eles chegarão aos clássicos aos escritores consagrados com o tempo. 

Até mais !


5 comentários:

  1. Acho que há gosto para tudo, então sim, o que importa é ler. Como dizem que a prática leva à perfeição... rsrs

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  2. Cada um tem o seu gosto de leitura, a postagem ficou bem legal.
    Seguindo!!!
    Convido-a para seguir:
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/
    Preciso de seguidores para conseguir mais parcerias ;)
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiza !!!
      Obrigada !! Já estou seguindo seu blog!
      bjos
      Melissa

      Excluir
  3. Realmente...
    É melhor ler qualquer livro do que nenhum.
    Essas séries bobinhas para mim, pode ser ótimas para outros. E vice-versa.
    Cada um com seu gosto, desde que todos leiam, está ótimo.

    M&N.

    ResponderExcluir
  4. Eu particularmente, gosto de inserir no blog e na minha vida como leitora estilos diferentes, em meio a livros que vc julga ñ querer ler pode ter gratas surpresas. Pode acontecer tb com quem visita o seu blog, gostar daquilo que vc ñ gosta ou vice e versa, cada com sua opinião e ponto.


    Bjus, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá ! Obrigada pelo comentário, ele será respondido aqui mesmo, ok!?
Obrigada pela visita e até mais!

 
FREE BLOGGER TEMPLATE BY DESIGNER BLOGS